quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

O Radio não é uma mídia decadente (Por Thiago Muniz)

O rádio não é um meio decadente.

Após a chegada da televisão, ele deixou de ser o principal veículo de comunicação do país.

Mas continua sendo um importante meio de levar entretenimento, informação, utilidade pública e prestação de serviço até as pessoas.

Muito se falou que o rádio morreria com a chegada da televisão, o que não se confirmou. Para não morrer, ele teve que se renovar; e se renovou depois do surgimento da tevê.

É o que acontece agora com a própria televisão em relação a chegada da internet, que vem tomando um bom espaço dela.

Assim como foi com o rádio, guardadas as devidas proporções, é claro, a televisão também passará, como aliás já vem passando, por um processo de renovação.

É que poucos percebem isso. Eu diria que o meio rádio vem se renovando novamente.

Vejam vocês que o rádio da era dos comunicadores não será mais uma realidade daqui a pouco. Me refiro ao rádio falado, aquele de estilo AM.

O AM deixará de ser uma frequência para na verdade se tornar um estilo de emissora no FM. É por isso que digo "estilo AM".

O rádio de prestação de serviço e utilidade pública e com base no jornalismo será o principal sustentáculo de uma emissora desse tipo. Sairão os comunicadores e entrarão os chamados âncoras.

Desse modo, o rádio seguirá se renovando sempre que preciso for; agora, acabar, jamais.

A televisão continuará com seu público, o rádio com o dele e a internet sendo ferramenta para os dois veículos.

A única coisa que pode acabar com o rádio é a maneira como muitos o conduz. Disso, eu tenho medo.

O rádio vem perdendo porque infelizmente não acompanhou a modernidade na velocidade que está acontecendo. Hoje os jogos são narrados diretos de estúdios e não mais de estádios. Se já direto do estadio é mais comodo assistir pela TV, imagine então quando as condições do narrador são as mesmas minhas?

É NOTÓRIO que equipes esportivas estão sendo dizimadas e agora a Globo inventa de colocar humoristas em comentários. Se seus profissionais já são contestados, imaginem então humoristas.

BIO

Thiago Muniz tem 33 anos, colunista dos blog "O Contemporâneo", do site Panorama Tricolor e do blog Eliane de Lacerda. Apaixonado por literatura e amante de Biografias. Caso queiram entrar em contato com ele, basta mandarem um e-mail para:thwrestler@gmail.com. Siga o perfil no Twitter em @thwrestler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário