quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

A Lógica Repressora de Geraldo Alckmin (Por Thiago Muniz)

Estou tentando entender a Lógica de Alckmin.

Ele manda a polícia para uma manifestação com o propósito de garantir o direito do cidadão de ir e vir.

Mas a Polícia interdita a passagem de duas vias, uma de ida e outra de vinda, para impedir a Manifestação ( que é um direito CONSTITUCIONAL) contra o aumento das tarifas de ir e vir - sugerindo que tal ação não cause transtornos em outras partes da cidade.

A Polícia joga bombas, dá tiros de bala de borracha e agride os manifestantes sem terem sido atacados e o conflito se expande para outras partes da região.

Logo, além de não garantir o direito de ir e vir e nem o da manifestação, ainda tumultuou as regiões próximas.

Olha… está de Parabéns!

A pessoas têm que entender que ações com esta de ontem não são para manter a ordem, são para manter as negociatas entre governos estaduais, municipais e empresários. Repressão policial com violência é para isso.

O poder de polícia destina-se assegurar o bem estar geral, impedindo, através de ordens, proibições e apreensões, o exercício anti-social dos direitos individuais, o uso abusivo da propriedade, ou a prática de atividades prejudiciais à coletividade.

Sinceramente eu não entendo porque protestar por aumento de R$ 0,30 se isto é decorrente do aumento de combustíveis e inflação no período de 2015. Seria mais fácil protestar contra a inflação, contra a corrupção, contra a causa e não contra a consequência não é verdade? A inflação de 2015 foi de 10,6%, porém combustíveis aumentou em média 27% na cidade de SP.

Tempos atrás houve protestos por R$ 0,20, porém virou o ano e aumentaram as tarifas e ninguém falou absolutamente nada. Agora aumentou novamente e o pessoal tá protestando novamente. Não sou contrário a protestos. Já tomei borrachada da PM, porém acho que deve ter um maior critério.

Já comentei que o problema é questionarmos as causas e não as consequências. Enquanto deixarmos as coisas acontecer para só então levantarmos das cadeiras para protestar, nada vai mudar. Os governantes que deveriam trabalhar para nós, fazem exatamente o contrário, onde um simples trabalhador assalariado tem que trabalhar 04 meses do ano para pagar impostos a um governo corrupto, ineficiente e que não faz nada em prol dos seus eleitores.

Mas a ideia é exatamente essa: criar tal transtorno para que a opinião pública se coloque contra qualquer tipo de manifestação. Fecharam vias que não tinha nenhuma lógica.

O governo Geraldo Alckmin mostrando como dialoga com as demandas que o cercam. E digo, ele esta covardemente colocando a cara dele fora, e colocando as dos policiais na reta...porque o policial esta a serviço dele, uma polícia que aliás esqueceu a que veio...e que sendo oprimida, se torna cada dia mais opressora...Um governador que não media com sabedoria suas crises, .e quem paga com essa incompetência política, somos todos nós, não é aceitável um governador que só quer fechar escola, abrir prisão, mandar espancar a revelia e ainda sobe a passagem sem dialogar com quem vai pagar.

O Alckimin não está nem aí para "o direito de ir e vir", muito menos para a população paulista, só se importa com o próprio narigão de escopeta que já ele manda usar nas manifestações.

É um abuso de poder absurdo. Alckimin age como um ditador. Por que quando as manifestações são contra o governo federal essa mesma PM dá total e irrestrito apoio??? Por que eles se comportam como se cidadão fosse só o manifestante pelo a favor do (impitiman) ??? NOJENTO esse comportamento do sr. Alckimin (PSDB), muito semelhante a do Beto Hitler PR. Parece até que querem deixar como marca registrada do PSDB essa intolerância a manifestações.

A lógica é meter a porrada na manifestação. Questão social no Brasil sempre foi caso de polícia. A polícia não é despreparada, sua ação é determinada. Classe A e B nas ruas...a polícia tira selfie e pede desculpas por pisar no seu pé. Passou disso...é na porrada.

Lembrando que o Haddad é atualmente o prefeito que mais se preocupa com a mobilidade urbana: ciclovias, corredor de ônibus, ônibus com ar condicionado e elétrico, passe livre para estudantes de escolas públicas, desempregados e idosos.... Será que tem algum outro prefeito que tenha feito mais?

PSDB SP a serviço da classe empresarial. Os lucros exorbitantes dos donos das empresas de ônibus que financiam suas campanhas, não podem ser mexidos. Tiro porrada da e bomba em quem tentar contestar o aumento das passagens.

BIO

Thiago Muniz tem 33 anos, colunista dos blog "O Contemporâneo", do site Panorama Tricolor e do blog Eliane de Lacerda. Apaixonado por literatura e amante de Biografias. Caso queiram entrar em contato com ele, basta mandarem um e-mail para:thwrestler@gmail.com. Siga o perfil no Twitter em @thwrestler.









Nenhum comentário:

Postar um comentário