sábado, 2 de maio de 2015

Por que a Lava Jato quer quebrar as empreiteiras brasileiras? (Por Thiago Muniz)

Posso estar enganado. Tomara: Por que a Lava Jato quer quebrar as empreiteiras brasileiras que estão entre as melhores do mundo?

Olha só como está tudo bem costurado:

1) A quebra as empreiteiras brasileiras atrapalhará as obras de infraestrutura de Dilma e eles pensam que pode atrapalhar a provável candidatura de Lula em 2018, outro grande medo da velha mídia, oposição e dos EUA e Europa;

2) com as empreiteiras brasileiras sem poder participar de licitações e de pegar empréstimos devido a determinações da Lava Jato, muitas já estão repassando concessões de estradas, aeroportos para empreiteiras do exterior;

3) com a quebra das empreiteiras brasileiras, forçarão a barra para o Brasil contratar empreiteiras dos EUA. A Globo, quase toda semana, publica editorial falando que o Brasil deve contratar empreiteiras estrangeiras, isto é, dos EUA;

4) para facilitar a vida das empreiteiras estrangeiras aqui no Brasil e ao mesmo tempo para ajudar empresários brasileiros, forçarão a barra para a terceirização ser aprovada. E os desempregados pela quebra das empreiteiras brasileiras, desesperados, aceitariam qualquer proposta das empreiteiras do exterior;

4.1) se for aprovada a redução da maioridade penal, terão que construir presídios juvenis como nos EUA. Mas qual empreiteira brasileira construirá os presídios se as empreiteiras brasileiras estão quase todas quebradas? Só se for as empreiteiras dos EUA e da Europa;

4.2) por que, depois de 11 anos, resolveram desengavetar a terceirização? Logo agora, com a Lava Jato quebrando as empreiteiras brasileiras? Para facilitar a vida das empreiteiras do exterior aqui no Brasil?

5) acontece que existe um outro fator, que acho que é o principal, e que é uma pedra no sapato das empreiteiras estrangeiras: as empreiteiras brasileiras vêm vencendo todas as licitações na África, América Latina e na Ásia. Como as empreiteiras brasileiras, as empreiteiras dos EUA e da Europa cobram em US$. Só que os valores apresentados pelas empreiteiras brasileiras é muito menor que os apresentados pelas empreiteiras do exterior. Isso está incomodando muito os EUA e a Europa que estão quase quebrados. Além de tudo isso, as empreiteiras brasileiras têm muita experiência acumulada;

6) para completar o pacote, tentarão de tudo para impedir que Lula se candidate em 2018. Já estão querendo implicar o João Santana, marqueteiro de Lula e Dilma nas últimas eleições. Veja o link abaixo:

"João Santana, marqueteiro do PT, é novo alvo da PF | ele é investigado por operação em Angola" - http://www.brasil247.com/…/Jo%C3%A3o-Santana-marqueteiro-do…

7) E a Lava Jato está procurando alguma delação que implique Dilma e Lula para impeachment de Dilma. Só que Lula poderia se candidatar se conseguissem o impeachment de Dilma. Então farão de tudo para impedir que Lula se candidate em 2018 e, se possível, até prendê-lo antes disso porque Lula poderia atrapalhar o plano da entrada das empreiteiras estrangeiras aqui. Veja o link abaixo:

"[Delações de] Odebrecht e Andrade Gutierrez podem ser escada de Moro a Lula

"Como se sabe, havia um jogo intenso de pressões para que dois empreiteiros, Ricardo Pessoa, da UTC, e José Adelmário Pinheiro, da OAS, aceitassem contar histórias sobre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, em troca da liberdade – o que foi classificado como "medievalesco" pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal."

"Cheiro de queimado

No entanto, ainda que houvesse a intenção de preservar Andrade e Odebrecht, tudo pode mudar, caso um dos objetivos da Operação Lava Jato seja mesmo atingir o ex-presidente Lula e inviabilizar sua candidatura à presidência da República em 2018.

A propósito, a capa de Época deste fim de semana, em que a revista faz lobby por uma empresa chinesa e acusa Lula de fazer lobby pela Odebrecht, insere-se nessa estratégia (saiba mais aqui)."

8) posso estar enganado. Tomara. Mas tudo indica que alguma coisa que eu disse acima é possível.

São vários coelhos com uma paulada só... o cargo da Dilma, a destruição do PT (e da esquerda que faz diferença), a entrega do pré-sal, a venda da Petrobras a preço de banana (não está funcionando) e a quebra das empreiteiras nacionais abrindo espaço para as estrangeiras. E tem a cereja do bolo: o fracasso das Olimpíadas de 2016, que seria uma pá de cal nas pretensões do PT em ganhas as próximas eleições. Para fracassar os Jogos Olímpicos de 2016, basta quebrarem as empreiteiras. É o que já estão fazendo.

Outra coisa: se for aprovada a redução da maioridade penal, terão que construir presídios juvenis como nos EUA. Mas qual empreiteira brasileira construirá os presídios se as empreiteiras brasileiras estão quase todas quebradas? Só se for as empreiteiras dos EUA e da Europa; Sacou?

Sem falar da mídia mostrando quedas momentâneas das ações da Petrobras. Isso pode gerar especulações negativas sobre a estatal. Desvalorizando suas ações.

Maquiavel deve estar ganhando uma puta comissão lá no inferno. Que golpe na Ética, na Moral e por que não dizer, na própria Filosofia! Dario, não é por nada não, mas acho que a merda está apenas começando. Dá uma revolta igual à que eu tinha com dezoito anos, quando Vladimir Palmeira era um líder estudantil como não se fazem mais. Muri deve estar esperneando, querendo reencarnar já! Stanley, sua análise pode até ser chamada de teoria conspiratória, mas faz todo o sentido. O ser humano (nem todos) é ardiloso e egoísta. Farinha pouca, meu pirão primeiro - e que não sobre nada para mais ninguém.

BIO

Thiago Muniz tem 33 anos, colunista dos blog "O Contemporâneo", do site Panorama Tricolor e do blog Eliane de Lacerda. Apaixonado por literatura e amante de Biografias. Caso queiram entrar em contato com ele, basta mandarem um e-mail para:thwrestler@gmail.com. Siga o perfil no Twitter em @thwrestler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário