quarta-feira, 20 de maio de 2015

O ciclista esfaqueado da Lagoa (Por Thiago Muniz)

Como fazer para acreditar no Rio de Janeiro depois de ver um pai ser assassinado na frente de dois dos seus quatro filhos, de 8 e 5 anos, na porta de casa, na Mangueira (com UPP), com uma bala perdida, bem na cabeça, às 5h40am, quando saia para trabalhar, e outro esfaqueado e morto ao praticar exercício em um dos principais cartões postais do RJ, na Lagoa? Em apenas cinco dias… sem contar as demais, vítimas também mas que não morreram?

Acabaram com o direito das pessoas de viverem em segurança e não fazem nada!! Como é que pode isso?

Mandem reforço federal! Assumam nossa incapacidade de lidar com a violência no Rio! Chega de gente morrendo, meu Deus! A vida não tem mais valor aqui, viram números, estatísticas que, no final das contas, são manipuladas para não mostrar a realidade!

Chega! Ate onde isso vai parar?

ELE TEM NOME! ELE NAO É UM NUMERO: JAIME BOLD!!!!

Como eu lamento por matarem duas pessoas; uma indo trabalhar para sustentar quatro filhos e outra praticando esporte para ter uma vida saudável.. como eu lamento!!!

Estamos cada vez mais impedidos de desfrutar as belezas do rio de janeiro, Aterro não pode, Lagoa não pode, praias não pode, até para trabalhar no centro não podemos transitar onde vamos parar eh o crime tomando conta do poder público, e nós pagando de todas as maneiras até com a própria vida.

Segurança não existe em nenhum lugar do rio de janeiro vc não pode ter um cordão um celular um anel uma bicicleta , tá difícil até cadeira de rodas roubaram de um cadeira te o que pode acontecer é que o cidadão de bem já não aguenta mais sofrer e vai querer se armar pra defender a sua integridade física por que o poder público desarmou o cidadão de bem achando que ia diminuir a violência, mas se esqueceu de desarmar os criminosos que possui um arsenal bem maior e mais sofisticado do que o da polícia.

Morre um medico e vive um bandido, cada dia pessoas q fazem diferença na sociedade para o melhor perdem a vida por banalidades enquanto a bandidagem se multiplica, é triste com no Brasil o mal vence o bem.

Se alguém tivesse matado um desses menores com certeza esses "Direitos Humanos" junto com esses militantes boçais iriam criticar, dizer que foi covardia etc. A sociedade é culpada disso pois se omite e não reage contra essas leis estúpidas que mais protegem esses marginais. Vários cidadãos estão sendo abatidos e mortos como gado , sem chance de defesa e impedidos de reagir porque essas malditas leis do Brasil protegem esses marginais.

Essa fato lamentável já estava pra acontecer há tempos! Quanto denúncias foram feitas, de que a Lagoa estava se tornando perigosa e alvo de bandidos, que assaltam os seus frequentadores a luz do dia?!

Cadê as investigações? Cadê as prisões?

Até quando vamos ficar ouvindo desculpas desses incompetentes?

As causas da violência e da desigualdade social não se resolverão com a adoção de leis penais severas. O processo exige que sejam tomadas medidas capazes de romper com a banalização da violência e seu ciclo. Ações no campo da educação são muito mais eficazes na diminuição da vulnerabilidade de centenas de adolescentes ao crime e à violência.

Mais uma vez, lamento a morte do ciclista e vou continuar lutando para o direito de ir e vir de todos. Não só do médico que faz exercícios na Lagoa. De todos.

É impressionante você passa por viaturas da PM e nota que os "policiais"ou estão conversando ou falando ao celular,e nem tomam conhecimento do que está acontecendo!Carros parados com o motor em funcionamento e novamente policiais conversando ou falando ao celular.

Alguma coisa está errada.Tornam-se inoperantes para dar chance aos bandidos agirem.Tem alguma coisa errada. A politicagem está em todo lugar,ação das autoridades, só quando há interesses por trás.

Tem alguma coisa errada.Conforto aos familiares deste médico,que infelizmente,vai virar estatística.



























BIO

Thiago Muniz tem 33 anos, colunista dos blog "O Contemporâneo", do site Panorama Tricolor e do blog Eliane de Lacerda. Apaixonado por literatura e amante de Biografias. Caso queiram entrar em contato com ele, basta mandarem um e-mail para:thwrestler@gmail.com. Siga o perfil no Twitter em @thwrestler.

3 comentários:

  1. É amigo, compartilho da sua indignação.

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente acho que a fase da indignação até passou, é desgosto mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Região dos lagos também. O ESTADO DO RJ TODO É UMA ÁREA DE RISCO.

    ResponderExcluir