domingo, 4 de maio de 2014

A busca

As pessoas buscam nas outras não o que as outras são. As pessoas buscam nas outras o que elas querem encontrar. Então quando existe algum encantamento, e os encantamentos, por vezes, são rituais naturais que os seres humanos usam para suas conquistas, apenas uma parte fica exposta. É o natural! A tática da natureza para dar continuidade a espécie! Todos os animais tem seu rituais para conseguir o companheiro ou a companheira.

Mas nós, humanos, temos o prazer, temos o ego, temos a vaidade, o orgulho, a paixão e a irracionalidade - como elementos associados a conquista. Até que se torne amor, tendemos a expor somente nossas qualidades! 

Por que tendemos? 

Por maldade? Por má intenção? 
Não!!!! 
Tendemos por uma estratégia inconsciente. 

E então vem o tempo e vai nos apresentando uns aos outros. E esse mesmo tempo vai desnudando as partes que antes nós não demonstrávamos tanto. Então completa-se o ciclo e ficamos de frente para quem somos de verdade e para quem temos de verdade do outro lado, compartilhando nossas vidas! 

O amor é aceitação! É o entendimento desse lado escondido, às vezes obscuro! É descobrir que o outro não é apenas aquilo que desejamos e sim o que de fato é de sua natureza! 

Nesse momento é que se faz preciso descobrir se amamos de verdade ou se apenas nos encantamos!
Por tendência a posse, ao medo, a insegurança, ambas as partes vão construindo castelos de areia e camuflando comportamentos que são de nossas essências! 

Quando fazemos isso por NÓS, no intuito de melhorarmos as relações e nossas atitudes , então estamos sendo justos! Mas quando mudamos quem somos para agradar aos outros, então estamos sendo irresponsáveis! Pois ninguém consegue ser aquilo que o outro quer, só porque o outro quer por tanto tempo.
Deve ser por isso que os relacionamentos não duram, não são consistentes! Porque eles são baseados em sombras nas cavernas e não sob a luz da realidade! 

E para quem cisma em tentar fazer do outro apenas aquilo que deseja para ser feliz, e tem isso como resposta, esta apenas se enganando! Ninguém foge a sua própria natureza. O amor verdadeiro sabe disso!
Mais cedo ou mais tarde aquele que se transformou em algo apenas para agradar os outros, acaba não conseguindo sustentar esses módulos!

Então a quem espera dos outros o que eles não são, e aqueles que vivem para os outros o que não é, estão ambos condenados ao inferno da alma! Pois não há amor de verdade onde não se aceita os defeitos e as qualidades do outro! Não há amor de verdade onde há competição! 

E não há amor de verdade onde um não sabe pedir ajuda quando precisa ou o outro não sabe ajudar quando vê em apuros aquele com quem compartilha seus dias!

Não existe amor perfeito!
Pois não existe perfeição!
Quem busca perfeição, busca mentiras apenas!
Essa é a verdade!


Nenhum comentário:

Postar um comentário