quinta-feira, 24 de abril de 2014

A Copa do Desgosto (ou esgoto?)

Se você acha que os novos estádios da Copa vão ficar prontos logo, é melhor esperar sentado. Mas como é que a gente vai sentar se os assentos não foram entregues até agora? 

Nessa semana, o poderoso chefão da FIFA (Falcatrua Internacional de Futebol Arrogante), Jerôme Valcke, visitou alguns estádios inacabados e concluiu otimista que a bandalheira, a bagunça e a falta de planejamento brasileiros são Padrão FIFA.

O Itaquenão Fica Pronto está atrasado, a Arena Pantamal não ficou pronta, o Maracanã continua inacabado e as obras do Minerão em Belo Horizonte são uma piada. Por falar em piada, o próprio nome do mascote da Copa, o Fuleco, já dizia tudo. E os aeroporcos brasileiros? 

Fala sério!

E o que é pior: nem Deus, que é brasileiro, conseguiu comprar um ingresso pros jogos da Copa até agora! Os pessimistas acham que vai “dar ruim” durante o Mundial. Já os otimistas, sempre positivos, acham que só vai dar merda mesmo.

O governo federal aproveitou a Semana Santa para dar uma de Pilatos (criador do famoso método de alongamento que foi utilizado na crucificação de Cristo) e resolveu lavar a s mãos. 

O problema é que não tem mais água nos reservatórios o que impediu a nossa presidenta-gerenta de realizar uma correta assepsia manual. 

Para tentar desviar a atenção do Mico que pode se tornar a Copa do Mundo no Brasil, os marqueteiros do Planalto, como sempre, resolveram inventar uma cortina de fumaça e lançaram o escândalo da Petrobrás.

A compra hiperfaturada da refinaria de Passadena (com seus personagens horripilantes) criou um clima de terror no país mas isso durou pouco tempo. 

Os traficantes, marginais e vândalos entraram no clima da Copa e já estão promovendo um verdadeiro “Esquenta” tacando fogo em ônibus e quebrando tudo que vêm pela frente.
A única pessoa que está curtindo essa situação é o Felipão que está fazendo mais comerciais que o Fábio Porchat, o Luciano Huck e o Neymar juntos. Incapacitado de atender todos os convites publicitários que vem recebendo, o Felipão foi obrigado a passar alguns comerciais para o seu assistente, o Murtosa que, verdade, é o Baixinho da Kaiser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário