segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

10 dicas para não deixar o mau humor acabar com os relacionamentos


Chore

Não importa o que aprendeu na infância em relação ao choro, e se você que me lê é um homem, sabe bem do que estou falando. Choro nunca foi sinal de fraqueza, até pelo contrário, é preciso coragem para liberar as lágrimas e lavar a alma como se deve. O choro tem o poder de dissolver os nós há muito tempo presos em nossa garganta, o que causa muito mal. Chore e sinta-se livre! Depois da chuva sempre vem o sol...

Elogie alguém

Comece a prestar atenção nos melhores aspectos da personalidade de quem o cerca (com o mesmo afinco que antes você via somente os pontos negativos). Ninguém é ruim de todo, somos todos perfeitos e imperfeitos e basta um pouco de boa vontade para observarmos o que o outro tem de melhor. Ao detectar esses aspectos, elogie sinceramente. O elogio tem o dom de abrir portas e deixar a vida levinha como deve ser, para o elogiado e para quem elogiou.

Redefina metas

Talvez seu mau humor tenha se estabelecido porque você se cobra um desempenho além do possível. Diferente do que falei na dica 1, algumas metas são parte obrigatória do trabalho e não dá para você jogar fora simplesmente, mas, reavaliá-las e adequá-las à sua capacidade é fundamental. Você não é de ferro, é apenas um ser humano e antes de qualquer coisa, deve vir seu próprio bem estar. Leve o dobro do tempo para cumprir as metas, mas não se violente, nada no mundo vale essa pena.

Organize-se

Muitas vezes, a desorganização nos faz trabalhar mais e isso interfere no nosso humor. Uma boa ordem nas coisas facilitará o dia a dia e o deixará mais leve. Assim como dar o devido valor às coisas realmente importantes, deixando para lá as que não são... Mais uma vez, diminua a bagagem e siga cada dia mais livre!

Dê atenção

Dê mais atenção às pessoas que o cercam, em ordem de prioridade: seus entes queridos em primeiríssimo lugar, seguido dos amigos, conhecidos e desconhecidos, que juntos formam o seu universo. Da mesma forma que prestar atenção a si próprio ajudará a melhorar seu humor, cultivar um amor profundo por todos que o cercam transformará seu mundo para melhor. Sonegue as críticas mas use abundantemente as boas palavras. Ame e será amado, essa é a lei!

Ria mais
O simples ato de rir libera endorfinas e melhora o humor. Tente assistir a alguns filmes estilo comédia, vá ao teatro, leia piadas na internet (em vez de noticiários pesados), pelo menos por uma semana e veja a diferença em seu comportamento. Certamente ficará mais fácil ter mais paciência com os outros e brigar menos.

Faça um favor a alguém 

Será que você não tem andado muito egoísta? Consegue observar quando alguém lhe presta um favor ou uma pequena gentileza? Quando praticamos a boa vontade com o outro, nossa vida se ilumina. Tente fazer uma gentileza a alguém próximo e sinta como seu interior irá se aquecer. Isso nos faz tão bem que duvido que não abalará o mau humor, por mais enraizado que ele esteja.

Respire

Isso parece simples, e é. Ao sentir que está prestes a “perder a linha” e agredir verbalmente a alguém, afaste-se por algum tempo (vá a uma janela, por exemplo). Feche os olhos e respire lentamente pelo nariz tão profundamente quanto puder. Segure a respiração por alguns segundos. Solte lentamente pela boca. Repita cinco vezes, volte e continue a conversa, certamente o ímpeto de esganar o outro já terá passado.

Perdão

Você pode começar por perdoar pessoas e situações. Muitas vezes somos agredidos e não revidamos, interiorizando esses fatos desagradáveis e a reação é a alteração do humor. Ao identificar esses “entulhos”, respire fundo, perdoe e se desligue deles e das pessoas que os causam, mesmo que sejam pessoas há muito tempo em sua vida. Libere o que não faz bem a você e te causa o mal.  Libere mas antes perdoe incondicionalmente, para que nenhuma amarra permaneça.

Reconhecer o terreno
Tente analisar o que está acontecendo. Talvez você esteja com mais atividades do que aguente ou se obrigando a fazer coisas contra a sua vontade. Se isso está acontecendo, exercite o poder do 'não' diminua sua carga e respire melhor, às vezes basta essa nova atitude para debelar o mau humor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário