sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Rio de Janeiro: O Caos

Mais revoltante é saber que a cidade do RJ foi classificada como a pior capital do país em saúde pública pelo Ministério da Saúde (comandado pelo PT que é aliado do governador e do prefeito, ou seja, avaliação isenta), mesmo sendo uma das principais cidades em arrecadação de ISS, e sendo a cidade das obras grandiosas e dos grandes eventos. 

Fico refletindo sobre qual é a prioridade de nossa população, ao colocar os executivos das empreiteiras como governador do estado do RJ e prefeito da capital?

Mas o pior de tudo é saber que a culpa não é de um prefeito, de um secretário de saúde ou de um diretor de hospital. O sistema todo é um caos, porque é formado por nosso povo, o brasileiro do jeitinho, da Lei de Gérson. Por isso falta probidade e dignidade ao lidar com a coisa pública.

Dinheiro não falta no SUS, segundo especialistas. Falta hombridade, honestidade e capacidade gerencial aos membros do sistema, desde a presidente que não toma a iniciativa de federalizar o plano de carreira dos servidores da saúde (do diretor do hospital ao faxineiro) até o funcionário que desvia esparadrapo e seringa.

E quem sofre mais é a população que já sofre em todos os outros momentos, seja nos trajetos intermináveis entre casa e trabalho, seja na falta de acesso ao consumo, seja na falta de segurança ou de saneamento em suas comunidades.




Nenhum comentário:

Postar um comentário